Será que Ruach HaKodesh partiu de Israel e nos abandonou?

Lemos no livro de Atos sobre a intensa manifestação de Ruach HaKodesh sobre os talmidim. Alguns autores chegam a dizer que o livro “Atos dos Apóstolos” deveria se chamar “Atos do Espírito Santo”. De fato, Ruach HaKodesh exerce papel fundamental em todo o livro de Atos.

A base do Judaísmo praticado por Yeshua e por seus talmidim está na manifestação do poder sobrenatural de Ruach HaKodesh (Espírito Santo). Não obstante, o Judaísmo entende que a Shechiná (a Presença Divina, que é Ruach HaKodesh) se apartou de Israel, foi exilada e somente retornará na Era Messiânica. Por tal razão, atualmente o Judaísmo é cético quanto a manifestação de Ruach HaKodesh, conforme se lê no Talmud:

“Os Sábios ensinaram: Depois que os último dos profetas, Chagai (Ageu), Zecharyah (Zacarias) e Malachi (Malaquias), morreram, Ruach HaKodesh partiu do povo de Israel” (Sanhedrin 11a). 

O Rabino Adin Steinsaltz explica, com fundamento nas lições dos Rabinos, que Ruach HaKodesh é o Espírito Divino de revelação profética que se apartou do povo de Israel. Portanto, Ruach HaKodesh parou de se manifestar em Israel.

Todavia, para nós, discípulos de Yeshua, é fundamental buscarmos a manifestação de Ruach HaKodesh. 

Nossa vida não pode ser pautada no ceticismo e no ritualismo frio e vazio que infelizmente assola o Judaísmo. Fomos chamados para viver cheios de Ruach HaKodesh!

Sobre o tema, confira o vídeo e o PDF: “Festa de Shavuot: Cheios de Ruach HaKodesh” (o material pode ser obtido na aba “Materiais de Estudo”). O estudo deste material é essencial!

Don`t copy text!